Avaliação do metabolismo de nucleotídeos e nucleosídeo de adenina em soro de ratos submetidos a modelo experimental de artrite

Leonardo Lanes da Silveira, Karine Lanes da Silveira, Fernanda Licker Cabral, Pedro Henrique Doleski, Daniela Bitencourt Rosa Leal

Resumo


O modelo experimental de artrite é amplamente utilizado. A sinalização purinérgica, mediada por biomoléculas extracelulares controladas por ectoenzimas, modula respostas inflamatórias e imunes. Avaliamos o metabolismo de nucleotídeos e nucleosídeo de adenina. Os resultados demonstraram aumento da atividade da E-NTPDase e E-ADA. A queda da concentração de adenosina pode ser o fator que leva a inflamações sistêmicas. Os resultados reforçam a participação do sistema purinérgico na artrite.

Texto completo:

03-11

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

Revista Brasileira de Iniciação Científica, Itapetininga, SP, Brasil, ISSN: 2359-232X

 Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.